“Fazendo Bem a Sua Parte” 

Uma reflexão por Lauryn Williams

333

TEXTO BASE: 1 Coríntios 12:14-18

Lauryn Williams, viajou para Londres para as Olimpíadas de Verão, para competir na prova do revezamento 4×100. Durante sua carreira de 10 anos, ela competiu em quatro Olimpíadas e se tornou a primeira mulher americana a ganhar medalhas, tanto nos Jogos Olímpicos de Verão como nos de Inverno.

Lauryn Williams – Foto: Twitter

Excassez

Anteriormente, em 2004 e 2008, ela havia corrido em equipes que foram desqualificadas no revezamento, por causa da queda do bastão. Ela esperava e orava que dessa vez fosse diferente.

Na sexta posição, Lauryn correu na prova classificatória, mas não na final. Ela trabalhou duro para criar um senso de camaradagem e ajudar cada membro da equipe, especialmente os que iriam viajar para as Olimpíadas pela primeira vez.

A vitória

Durante as preliminares, Lauryn correu a parte final dos 4×100, ela e sua companheira terminaram a passagem do bastão com sucesso. Exultante em ter o bastão em suas mãos, Lauryn correu para a linha de chegada.

Dez segundos depois, ela experimentou uma doce redenção depois de oito anos de dor no coração. A equipe americana ganha, avançando na competição.

O nome e a performance de Lauryn encheram a mídia social com novas notícias. Seus seguidores postaram, que leram seus lábios na chegada dizendo: “Obrigada Jesus!”

A união

Mais no fim da semana, o time correu as finais, Lauryn assistiu e torceu pelo seu time que ganhou o ouro e quebrou o recorde mundial. “Eu não ganhei a medalha de ouro em 2012, mas sei que contribuí”, disse Lauryn.

Campeonato Mundial de Atletismo 2007 em Osaka – Cerimônia de vitória para o feminino 4 x 100 metros (Allyson Felix não está presente entre a equipe dos EUA devido à preparação para o 4 x 400 metros) – Foto: Eckhard Pecher (Arcimboldo)

“Eu realmente sinto que fiz o que eu deveria fazer para ajudar o time a ganhar o ouro”, disse ela. “Fazer o que está ao seu alcance para ter certeza que os outros terão o que precisam para competir no melhor de sua habilidade, foi o papel mais importante para mim naquele momento”, completou.

Em 2012, Lauryn competiu em uma prova que havia falhado duas vezes, anteriormente. Ela tinha parte na medalha de ouro de seu time, mesmo não estando no pódio para recebê-la. Ela fez a parte que Deus deu para ela fazer.

Perguntas: Qual o trabalho que Deus deu para você realizar nessa semana? Você está confiando Nele para realizá-lo? O que você precisa deixar a fim de realizar o que Deus tem te chamado a fazer?

Oração: Obrigada, Pai, pelo presente do trabalho. Me ajude a fazer o máximo com os dons e habilidades que o Senhor me deu, confiando no Senhor para que faças através de mim.

L.C.Bruno
Editor da Revista Ato e Reflexo
SHARE
Previous articleSucesso do futebol brasileiro
Next articleCriatividade gelada
Formado em Comunicação Social, com experiência na área editorial e comercial de grandes veículos como Veja Rio, Extra, JB e outros veículos de menor porte. Trabalhou em agência de publicidade vinculada a grandes veículos. Vários cursos e estudos em diversas áreas como marketing, administração de empresas, artes, teologia e línguas. Interessado em buscar a Verdade e o valor da informação, toma gosto pelo jornalismo, e apesar de ser amante do esporte, reconhece a necessidade de enfocar outros temas relacionados. Nada é isolado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here